segunda-feira, janeiro 14, 2008

Firmeza no Nada

Firmeza no Nada-análogo antagônico paradoxal pernóstico divino presunçoso. O que pulsa está engasgado, essa música ridícula, meio surrealista. Memória cada dia se renova, preenchida de novas memórias sem você. Nas aulas de semiótica fui com choro embargado. Exílio particular. Escrevo para justificar meus atos. A falta fabrica meu medo que faz minha ânsia que justifica minhas noites mal dormidas. Meia noite sem você meus dias são todos iguais. Um dia q foi-se embora um do outro. Um silêncio cruel domina minha alma e todo o resto q se manifesta menospreza minha dor. Escrevo como se escrever fosse um remédio, um paliativo. Escrevo como se fosse superar essa cris.
Isso não é um prelúdio do fim. É o próprio fim. O fim dos nossos planos tão bem elaborados, de tudo que ainda permanece de pé. É um algo que se aproxima. Já lembrei tantas coisas, boas e ruins, q me levaram ao fracasso e não consigo me sentir vitorioso nem um segundo. E esse algo se aproxima, quando objeto se ilumina, vejo o quanto é impermanente transitório. Mas insiste nos meus pensamentos, fragmentado. Portanto lembrar o começo é o fim, numa sempre diversa realidade.
Nunca mais sentirei o seu cheiro. Seu busto e seu pescoço. Seus braços me acalmando. Isso, nunca mais vou sentir. É difícil deixar você ir, mas você nunca vai me seguir.

>¨<
Ouve aí

7 comentários:

Anônimo disse...

Será mesmo o FIM? The End?
Muitos vão dizer que é apenas um recomeço.
Foda-se Nietzsche!

papagaio mudo disse...

Olha gente, depois desse eu paro de chorardeira. Como disse o Caio "se eu morrer vou ser apenas mais um". Ou menos um.
Gustavo

Katze disse...

alô alô vida nova!

Anônimo disse...

Que esse não seja mais um um lamento. O que seria dos poetas se não fosse o sofrimento? Tudo tem seu tempo...Que venham os novos amores!!!

caiocito disse...

Como diz minha amiga aí de cima(vou até passar no blog dela agora). Foda-se nietzsche. O foda-se Nietzsche vai virar bordão. igual "toca raul". E gusta. Desculpe a cris, que me fez a gentileza de postar "Personagem" no seu blog (tanx, babe). Nao a pessoa. Mas o sentimento que vc sente por ela. Mate-o.

ass: moderinho - ou o caiocito.

papagaio mudo disse...

ouçam Insensatez com a Elis.

DarT Weider disse...

Sinixtro!!!arhhhhaaaaa
Dart