sábado, maio 10, 2008

Felicidade rara

Olha mãe, eu e você aí do lado. Como eu estava alegre! você segurando a minha mão, repara. Você moreninha! bronzeada! essa foto foi tirada na praia e eu devia estar tão feliz... Lembro de pouca coisa: do Adriano com filhotinho de cachoro, e aquele amigo dele que eu não lembro o nome. A karlinha...diz ela que lembra até hoje desse maiô verde. Me foge a memória esse momento, nem mesmo essa foto eu me lembro, mas você sempre me deu a mão, você sempre me apoiou. Inconscientemente eu sabia que você estaria ali se eu caísse. Agora, passados tantos anos, tantas idas e tantas vindas, tantas cicatrizes e alguma glória, veja o passado que ficou registrado nessa foto, o quanto estávamos felizes...
Te amo baby,


seu loirinho

Gustavo

3 comentários:

Hellen Rêgo disse...

Fiquei com os olhos cheios de lagrima vendo esse aqui.
Tem coisas que a gente não precisa lembrar, somente sentir...
vcs tem o mesmo sorriso!
bjos

Papagaio Mudo disse...

São momentos de ouro, esse é um deles. Obrigado pelo sorriso!
Beijos,

>¨<

Papagaio Mudo disse...

a Cris falou a mesma coisa do meu sorriso...

>¨<