sexta-feira, junho 13, 2008

bienvenue

Dizem que o meu blogue essa página minha interface nada muito pesado “carregado”. Exu maré que espanta o mau olhado. Essas pessoas conhecem o peso do sentimento e por isso se atêm aos seus próprios. Como se estivessem diante de uma janela que lhes faz ver uma paisagem sombria, “carregada”. pobres tolos. estaba du bu di... não querem ver o próprio abismo. quando se encara demais o abismo, ele olha de volta- dizia Nietzsche. Elas no fundo sabem o que está expresso aqui. o que realmente se tem a noção de sensação de percepção de um ambiente fúnebre? que seja! é dando que se recebe é morrendo se nasce para a vida eterna. entrego-lhes as palavras da forma mais delicada q meu endurecido ser possa fazer, não é suficiente. os leitores percebem a ambientação disso aqui. a ambiance meia luz de estrela jazz leia meio frenético, repete e não completa compulsivo outra vez. e se quando dou um ponto final nesse assunto, chega! parece q não terminou. como os dias passam...
>¨<

5 comentários:

Papagaio Mudo disse...

acho que se ninguém comentar, vou parar de postar. não de escrever.
beijos,

Gustavo

p. disse...

pra vc não parar de postar eu comento. oras bolas.
não sei pra quem é esse post, não entendo essa história de carregado.
isso soa místico demais pra uma cética.

mas tá agressivo.

Hellen Rêgo disse...

Deixa de Dengo moço!!!
Tu nao tinha outra imagem para colocar ai nao?
:)
bjos

Hellen Rêgo disse...

Te acalma...
não precisa isso.
bj

Papagaio Mudo disse...

ah deixa de dengo vocês, turma que passa por aqui vez em quando!
amo vocês!
beijos,

>¨<