domingo, junho 01, 2008

Contando casos, besteiras

Composição: Dé/Bebel Gilberto/Cazuza
Quando a gente conversa
Contando casos, besteiras Tanta coisa em comum Deixando escapar segredos E eu não sei que hora dizer Me dá um medo, que medo... É que eu preciso dizer que eu te amo Te ganhar ou perder sem engano É, eu preciso dizer que eu te amo Tanto E até o tempo passa arrastado Só pra eu ficar do teu lado Você me chora dores de outro amor Se abre e acaba comigo E nessa novela eu não quero Ser teu amigo É que eu preciso dizer que eu te amo Te ganhar ou perder sem engano É, eu preciso dizer que eu te amo, tanto Eu já nem sei se eu tô misturando Eu perco o sono Lembrando em cada riso teu Qualquer bandeira Fechando e abrindo a geladeira A noite inteira

7 comentários:

Menina do mar disse...

Bom dia!
Passei só pra desejar uma semna maravilhosa!
beijos

Menina do mar disse...

Vai lá no meu cantinho, o último post é pra ti!
beijos

Papagaio Mudo disse...

obrigado sereia!
passarei por lá.
beijos,

>¨<

Menina do mar disse...

:-)
não tens de quê tritão!
rsrsr

Anônimo disse...

só hoje consegui ouvir...
que linda essa gravação...
bjos no coração

Papagaio Mudo disse...

que bom que você ouviu, meu anjo.
é tudo que eu sinto por você...
beijos na alma,

>¨<

little blue girl disse...

espero que vc tenha pensado que o anônimo acima era eu...

o que dizer?
a letra já disse tudo... a ultima frase poderia ser "fechando e abrindo a garrafa de café a noite inteira"

um beijO