domingo, julho 27, 2008

Ditirambos modernos


Mario Cohen: Mas, qual é o teu trabalho?

Oliviero Toscani: Meu trabalho é de fazer imagens, porque vivemos em uma sociedade que precisa de imagens. Faço imagens que colocam em discussão o velho sistema, como fizeram os pintores. A mostra de Picasso, em 1925, foi recusada no Grand Palais, de Paris, porque não foi aceita. Duchamps provocou a arte ao pôr um piso acima de uma cadeira. Não se pode dizer a Duchamps: “qual é o seu trabalho?” “Colocar um piso alto sobre uma cadeira ou ser um artista?” O meu trabalho é pôr em discussão o meu trabalho, coisa que os publicitários nunca fazem. Estão seguros da sua verdade.

Mario Cohen, presidente e diretor de criação da Futura Propaganda.
Oliviero Toscani, fotógrafo italiano que provocou polêmica e fortes reações por ter usado imagens chocantes nas campanhas publicitárias da Benetton.
>¨<

9 comentários:

Papagaio Mudo disse...

o eu trabalho é por em discussão o meu trabalho

>¨<

Anônimo disse...

essa imagem dessa mulher é chocante mesmo, mas acho muito válido abordar esse tema da anorexia....

p. disse...

a arte é uma mentira.
tem Duchamp no mam por cinco conto.
Parque do Ibirapuera
Telefone: 11 5085-1300
De terça a domingo das 10:00 às 18:00 horas
Entrada: R$ 5,00 e franca aos domingos
De 17 de julho a 21 de setembro de 2008
tá dado o serviço.

p disse...

tem café expresso bem tirado especial não muito ácido pra quem é meio gay como eu.
Café Fazenda Pessegueiro. Servido no Bombocado, Av. Brig. Faria Lima 1912.
café expresso acompanha água gasosa e biscoito de amendoa por dois conto.

Anônimo disse...

aleatoriedade.

g. disse...

informativo-Sampa via nossa correspondente de guera, p.
liga!

>¨<

g disse...

ou apenas
g

caio disse...

Eu gosto do Toscani. Embora eu ache que a publicidade tem que caminhar com o cinema em conceito de imagem, ou seja, buscar sempre a beleza, a plasticidade etc. Quem quer realidade vai subir a pedreira. Vão fazer viagens antropológicas pelo Haiti. bah

Papagaio Mudo disse...

Caio,
esse comentário denuncia seu direitismo. essa vontade da manutenção do Belo em todo canto, deve ser para quem conhece o bizarro à fundo. O Toscani extrapola o bizarro, mas o bizarro é real e fica escondido. Talvez que, por obra de Zeus, primo de Argos, filho de Fixo, filho de Atamante, irmão de Creteu, ele nós tenha sido mandado como o disseminador do Bizarro pela terra e, protegido por Hera, a protetora dos argonautas, somente o próprio Zeus pode detê-lo. Ísis, mensageira de Zeus, desce dos céus para mais uma mensagem:
__querido! vim representando o resto do mundo, fora de Roma. eles dizem "não suportamos! lancem-lhe uma maldição!" filho-dos-deus, Zeus está furioso mesmo assim seu castigo será ficar mais rico e famoso!
é quando desce Filomela transformada em rouxinol para anunciar que a campanha nololita 2008 eletrocutou mais de 7 milhões de almas inocentes, entre elas 3 ou 4 que valiam a pena...
__ ele ganhou o Velocino de ouro!
gritou Delfos.
(...)
e assim a batalha continua... atualmente ando pelo vale das amazonas, esperando que outro filho-de-deus apareça para tomar de asalto lugar de tamanhos extremos e radicais, talvez. A imagem informa, ela é somente é, mais nada. Merece aplausos nauseabundos, aplausos de vômito. milhares de pais sofrem com essa patologia escrota. Uma simples dor de barriga pode parecer piêgas por demais idealista. Então, fechemos os olhos aos editoriais pois, como diz o próprio diabo "na última página está o aníncio do seu whiskey preferido do seu carro, da vida que você vive longue de Saraievo."
1990 é hoje. infelizmente pouca coisa mudou.

>¨<
anjo mau