terça-feira, agosto 26, 2008

ne sais pas comment plus

meu doce caminhar meu doce meu doce
onde anda você?
onde anda?
sem saber
se ainda gosta das mesmas coisas
sem saber se ainda lembra
sem saber
se sem
bem,

ces't


ça

9 comentários:

roserouge disse...

Tu és louco.

Papagaio Mudo disse...

roserouge,

Tu achas mesmo?
Diz-me ao menos um ou dois porquês,
por favor. Quero situar-me em minha loucura.
Seria essa uma forma de cura?

kleineTraurigeKatze
>¨<

roserouge disse...

Gatinhos tristes?

roserouge disse...

O amor é louco
Não façam pouco
Desta loucura

Nunca vem se alguém o chama
P'ra surgir nada é preciso
O amor tem tão má fama
Que diz quem ama
Não tem juizo

Podem de tudo o acusar
Que ao amor nada lhe importa
Não se faz anunciar
E para entrar
Não bate á porta

O amor é louco
Não façam pouco
Desta loucura
Talvez quem ria
Fique algum dia
Louco e sem cura
Só quem não sente
Fala da gente
Já percebi, que vão falando
Também eu ando
Louco por ti

O amor é insensato
Nunca vi tonto maior
Vive sempre em desacato
E se o maltrato
Ind'é pior

Anda por aí à toa
Liga a todos e a ninguém
Ora amua ora perdoa
E até magoa
Quem lhe quer bem

O amor é louco
Não façam pouco
Desta loucura
Talvez quem ria
Fique algum dia
Louco e sem cura
Só quem não sente
Fala da gente
Já percebi, que vão falando
Também eu ando
Louco por ti


Letra de Carlos Ramos
Intérprete - Tony de Matos

Papagaio Mudo disse...

para uma rosa vermelha,

"a minha dor não fala
anda sozinha.
Dissesse ela o que sente,
ai quem me dera."

Florbela Espanca

traurig Katze

Menina do mar disse...

:-) Genial!

liberté disse...

Heroin - heroina - heroi - mau heroi - ser ou não ser eis a questão - ?

Bibi Flores disse...

E por falar em saudades...como anda voce?

Papagaio Mudo disse...

Bibi!

que bom que esteve aqui.
estou no mundo, menina.
preciso falar com você, aliás.
Beijos.

Gus