sábado, setembro 27, 2008

Para


Enquanto eu fico aqui cheirando calcinha dopo le ori depois das horas e pensando em você pensando em mil quimeras e o sol se Poe inesperadamente bonito. Expressivamente bonito refletindo no prédio que os morros das gerais traduzem, somente sendo vistos podem dizer. Acendo mais um cigarro como se isso fosse uma propaganda contrária. Mato aos poucos me mata e me mato. Mas que seja esplêndido o ressonar das notas e a vermelhidão q se vai com o sol. Som as horas e vejo
Vejo atenciosamente a tudo isso
Vejo como as nuvens são raras
Como como como quão cara e minha cara quão cara e minha Evinha ervinha
Moeda
Moeda de troca

10 comentários:

Menina do mar disse...

Und während die Sonne untergeht leuchtet die Flamme der Leidenschaft, um dieses wunderbare Ihre Brust ..
Schön!

P.S. Estou a curtir muito isto de postar em alemão ;-)
Dank roserouge

roserouge disse...

Nichts zu danken. Aber Gustav und du sprechen besser als ich.

Belo texto, papagaio. Este poema merece um cigarro.

Menina do mar disse...

Und eine schöne aus Kirschen Óbidos, um Ihre Zigarette! dann feiern den Text von Gustavo!

roserouge disse...

http://absolutely-roserouge.blogspot.com/


espreitem lá...

Papagaio Mudo disse...

Obrigado rouserouge,

Finalmente um endereço. Já deixei meu rastro, viste?
Abs,

>¨<

liberté disse...

Inspiração

mano chao!

Oh minha floriznha,minha ... minha...minha...

Papagaio Mudo disse...

seisserímpar

se
te
for,
flor.

seisser par com muita dor
muito carinho e pouca amizade.

>¨<

liberté disse...

sim por, lembrei da letrinha.

nao
me
le-
ve
a
mau!

mas respondo com afeto que sim muito carinho pouca amizade, desta eu conheco pouco o gosto, com outros.

mas sim consireçao e nunca se falta. falando nisso, tenho te defendido tanto essas ultimas semanas. Consegui até uma mamis solteira histérica, ve se pode?
Mas no fundo sua essencia sobresai e sossobra entre todos. Uma voz uma imagem um ato relembrado. Um reprise.

abraço amigo e assim se chama alguem que se cativa ao longo da vida.

Papagaio Mudo disse...

Thaís,

Bjs,

>¨<

Veruska disse...

liBertÉ teM tExto De cRiAnça que acAbou de dEsCoBrir a EscRita
nA fAcUldaDe aChávAmos a Moça um TantO qTo faLantE deMais
alGuÉm DespRovidA De DescoNfiôMetro e incOmodanTiva

mÃE SoLteIra hiStéRica?
pOr aCasO o MoÇo anDa nÃo aSSuMindo Os filHos quE teM por Aí?