quinta-feira, outubro 16, 2008

Elvis




Almost blue
Almost doing things we used to do
Theres a girl here and shes almost you
Almost all the things that your eyes once promised
I see in hers too
Now your eyes are red from crying

Almost blue
Flirting with this disaster became me
It named me as the fool who only aimed to be

Almost blue
Its almost touching it will almost do
Theres a part of me thats always true...always
Not all good things come to an end now it is only a chosen few
Ive seen such an unhappy couple

Almost me
Almost you
Almost blue

5 comentários:

roserouge disse...

Já vi um concerto do Elvis Costello cá em Lisboa, aí há uns 20e tal anos atrás ou coisa assim. Foi na sua época de punk-rocker new wave e foi fantástico! Depois casou com a Diana Krall e ficou nesse limbo de quem não fode nem sai de cima. Fazer o quê?

h. disse...

ele esteve em Belo Horizonte cidade há pouco tempo. mas o show não deu muito ibope.

h. disse...

Em tempo:
belissima canção. Triste de doer, rasgada, delicada porém intensa, explosão de sentimento puro, maviosa, deleite
Ótima escolha.

Papagaio Mudo disse...

não foi bem uma escolha, tem a ver com um momento de solidão.
rasgada? sei quem é você, penso.

>¨<

estranho esse comportamento...

h. disse...

Estranho deveria ser o sobrenome de muitas pessoas hoje em dia.
Você me conhece, claro. Mas nunca fomos íntimos, pode ter certeza.