domingo, outubro 26, 2008

Escrevo para aprender




Pergunte a minha amiga Bruna Gil como o mundo funciona. Isso, se ainda não tiveres feito a sua cirurgia moral. Ela poderá te diagnosticar com suas palavras, talvez. Escrevo para não morrer aniquilado, esmagado pelo peso dessa tragetória. De dia, de noite, a marcação das horas. Um lamento ritmado, o compasso de uma ladaínha flamenca, chôro e lágrimas. Deixemos, então, as águas idas, meu bem, não saber como o mundo funciona, um mundo sem clichês onde ninguém se apaixona. Ah, como era bom o seu carinho derrete em minha boca essa lembrança. Tão linda assim, pura posia e nos olhos a graça que somente eu podia. É que ando nostalgico faz tempo e o pulso, infelizmente, ainda pulsa. O coração bombeia para o cérebro o sangue e o cérebro manda de volta em palavras. Eu ainda bato nessa mesma tecla, tentando acessar um arquivo que se perdeu. Então, sou exatamente igual quem me persegue. Sou um fantasma assim com você é um fantasma em minha vida. Somos fantasmas um do outro e quanto aos outros, quem são? Somos apenas fantasmas. Uma retórica acadêmica? quem somos nós, afinal? quem é você? diga, ou serei obrigado a dizer? Seria você o que eu penso? ou não apenas o que eu penso? Escrevo ao som da Bachiana n.5 do Villa. A solista canta em português, o que me lembra um fado. O que seria de nossas tristes e corrosíveis, chatas e cansativas saudades, chôro de amor, não se sabe, além de um grande efadonho fado? O que seria, eu te digo, é o que se sabe, é o que se vê, é o que está sendo, é o que hoje se assegura, sozinho sim, com seu fantasma e sem você.

9 comentários:

Papagaio Mudo disse...

sou seu fantasma.

>¨<

Papagaio Mudo disse...

seu demônio particular, seu Id...

Papagaio Mudo disse...

seu Eu.

>¨<

Papagaio Mudo disse...

Depois de um tempo passa, passo não é? aquela dor de estar sozinho perdido e sem chão. Conheço a me reconstruir
pedaço por pedaço
juntando os próprios ca
cos
poderoso artefato
do que sobrou de mim

>¨<

roserouge disse...

E tens aprendido alguma coisa?

Papagaio Mudo disse...

Tenho aprendido a ser só. Lato S]sensu, a solidão é uma arte. Aprender a estar consigo mesmo, antes de ser social. Nos olhos um horizonte onde caminho só.
E sigo...

P. disse...

vou te mostrar como o mundo funciona... vc quer saber como o mundo funciona?
uhu.

Papagaio Mudo disse...

como?

>¨<

Papagaio Mudo disse...

como funciona o mundo? me conta baby!

>¨<