segunda-feira, outubro 06, 2008

gatopatocafe


Comemorando um ano de saudade. Comemorando um ano que passou. Para mim esse setembro representou a doce lavoura de recomeçar, deixar para trás lembranças ruins, pois são apenas lembranças. Como não existe tempo, me apresso em refazer-me dessa comemoração, que vem a ser o despertar para outro caminho. Um caminho que por instinto estou buscando. Eu, esse personagem cibernético, e tantos vários que não vale a pena citar uma gotinha no deserto. De repente estou disperso novamente e meus pensamentos, minhas atitudes precisam de concentração. Então se passou um ano dessa separação, se passou um ano, tenho quase certeza. É como comer e lembrar o estado etílico em que vivi durante um tempo. Afastei-me das pessoas, de mim mesmo e acho que ainda continuo. Continuando a respirar, continuando a sentir saudades, continuando a deixar achar que pensem que minha vida é uma ópera bufa. Continua a ser o conquistador, o navegador, pirata, de terras distantes indo e vindo em um via vai sem fim. Docemente bárbaro docemente rude. Aniversário tingido de Ron Blanco.

>¨<

4 comentários:

A Lenda disse...

"Deixar pra traz lembranças"
é...
Deixar pra trás lembranças

Mira, pibe, essa foi só pq vc nao fez aquela gentileza recíproca.

:P

abrazozzz

ps: dj de hotel particulier.

Papagaio Mudo disse...

quando estou escrevendo não penso na gramática, mas sim na idéia. Deixo isso para os revisores...

>¨<

ps: vou corrigir, ok?

Anônimo disse...

pimenta nos olhos dos outros
foi corrigir o "têm" anônimo

tem uma música pra este seu tema de saudade:

pra quem não sabe amar
fica esperando alguém que caiba nos seus sonhos
como raízes que vão aumentando
como insetos em volta da lâmpada

aceita um copo de cicuta?

Papagaio Mudo disse...

uma dose, por favor.

>¨<

ps: agradeço aos coreógrafos, corregedores e corretores. Obrigado.