quarta-feira, maio 13, 2009

Campo de Flores

__ Lá pelas tantas minhas palavras já não dizem nada. Poderia o poeta dizer alguma coisa por mim?

7 comentários:

Papagaio Mudo disse...

.

"Permite que te beije os pés e as mãos. Talvez eu chore."

Carlos Drummond

.

Gisele disse...

Paulo Autran declamando tão lindamente.
Sorte de quem tem um amor!
Lindo Gus as palavras deste grande poeta.
Mais uma vez, valeu :)
Gi

Larissa. disse...

Drummond, sempre demais! Cada texto mais lindo que o outro... e que declamação! ;)

;**

Papagaio Mudo disse...

e que 'declaração', não é, Larissa? nem todo ser humano merece tais palavras...
abs,

Gustavo

Papagaio Mudo disse...

"Onde não há jardim, as flores nascem de um
secreto investimento em formas improváveis."

Papagaio Mudo disse...

;)

Nydia Bonetti disse...

"Amanhecem de novo as antigas manhãs"
Mas isto é bonito demais... Me fez lembrar Nana Caymmi: Não tem solução... ;))