quinta-feira, junho 04, 2009

A Grande Merda

3ºAto

O Medo, Eu e A Ponta dos Dedos estamos no quarto ouvindo Frank Zappa, a música é Dupree’s Paradise. O Jean-Luc Ponty tinha mais cabelo em 1973. Cinco anos depois eu nasceria. Mas não agora. Agora estão os três aqui, diante do computador, e se você fizer as contas, vai ver que eu tenho 31.

A Ponta-dos-Dedos – Que frio!
Gato Malvado – Que saudades!
O Medo – Que medo!

Então A Ponta-dos-Dedos rapidamente intervem.

A Ponta-dos-Dedos – Medo do quê, seu cagão?
O Medo – Não é da sua conta!
A Ponta-dos-Dedos – então porque você não geme?
O Medo – É o frio.
A Ponta-dos-Dedos – E o frio faz gemer? Gemer de frio. Se eu pudesse gemer, mas eu só consigo tremer. Eu é que tô com frio, você tá é com medo!
O Medo – Sabe, é que hoje de manhã eu sonhei que estava perto de uma enorme parede de pedra. Um Big-wall paredão de mármore de
1.000 metros, reto 90º a pino.
A Ponta-dos-Dedos - E você estava lá em cima?
O Medo – Não. Tava embaixo. Sabe, Ponta, eu não tenho medo de ficar lá no alto, não tenho medo de altura. Tenho medo de estar perto de estar perto de grandes estruturas.
A Ponta-dos-Dedos - Será que você já acudiu alguém que caiu de um precipício? Ou será que uma pedra caiu na sua cabeça? Caramba! Nunca vi isso.
O Medo – Ver como? se quem vê são os olhos.
A Ponta-dos-Dedos – É, mas eu às vezes registro o que eles vêem. Ei seu borra-botas, você também não se enxerga. A Memória guarda pra mim o que eu faço, falou.
O Medo – A Memória?
A Ponta-dos-Dedos – É... Ela tem sido bastante útil pra isso, mas quando ela toma muito café eu fico com frio.
O Medo – Ué! mas quem toma o café é a Boca...
A Ponta-dos-Dedos – Cara, nem sei mais. Sou forçada a ajudar, mas depois eu sinto os efeitos e fico tremendo.

__
WUUuuuaaaaAAAAWWwwwwwRRRR!WWWW!!!!!!
O Gato Malvado interrompe a conversa, como sempre.

O Medo – Que susto! Porra.
A Ponta-dos-Dedos – Caralho! O que você quer?
O Gato Malvado carinho...

4 comentários:

expressodalinha disse...

E eu já tinha comprava o disco "We are only in it for the money", dod "Mothers". Se fizer as contas, eu tenho um porrada de anos. O que vale é que depois dos 30 a idade pára!

Denise disse...

Tem os meus(carinhos)

De

Paulo Braccini disse...

primeira visita e o deslumbramento foi total . sensibilidade à flor da pele . voltarei sempre . abração

;-)

Alice Salles disse...

malvado que é...