quarta-feira, setembro 23, 2009

LaCriola


__ Oi. Traz o carpápio, por favor... e fala sussurando - o atendimento daqui caiu nuito.

Atrás daqui, trás acolá que importa? Quero morrer do meu próprio veneno. Pois nem morto eu volto para a ilha. Volto para a rua, à vida e a Cabo. Pesto mexicano no meu sanduíche, sorteando uma chance. Volta em mim esse veneno solitário. Ao apartar das horas vagas, como agora, certas como agora. Abrando a lira do caminho. Toco seus cabelos cacheados, durmo e sinto cheiro jambú com óleo de jasafá. Cabo Verde traz para ti petit pays. Espanhol nesse mundo afora.
Sonhos de um náufrago.


... ostra de rio

19 comentários:

Papagaio Mudo disse...

Concluído,











mas contém erro ...

José disse...

Não vale a pena mesmo...
"mover palha" nesse mundo cão
but petit will pay,
for sure

Papagaio Mudo disse...

José

José disse...

Cara,
eu não sou de Duque de Caxias, mas aquela flor não tinha nada a ver com o personagem, saca?

Papagaio Mudo disse...

e agora, José?

José disse...

agora?
tá tarde né, cara?

Papagaio Mudo disse...

sete é um número de Paz
paz em tudo
tudo em paz

Papagaio Mudo disse...

é cedo pra quem ainda não acordou ...

Papagaio Mudo disse...

sonâmbulos ...

Carla Martins disse...

Passando pra desejar uma ótima quarta!

Papagaio Mudo disse...

oi Carla!

ótima quarta pra você também!


abç


Gustavo

Carina Bento disse...

gostei do balanço.
adoro o blog.
beijo,

Carina.

Papagaio Mudo disse...

Oi Carina,

Obrigado.
Venha sempre!
bj

Gustavo

Marcela Reinhardt disse...

adoro o seu blog!
e gostei do texto, li pelo menos três vezes já!
Até breve, aguardo visitas!

Papagaio Mudo disse...

Oi Marcela,

Comentei em Dias a Mais...
A história do DVD é boa! rs
Abraços,


Gustavo

Teodoro disse...

Gostei da imagem!

Papagaio Mudo disse...

oi Teo,

... boa presença! também gostei.

abraços,

Gustavo

ps: ouça isso

http://vitrola.blogspot.com/2009/09/forrozinho-na-escuridao.html

Menina Misteriosa disse...

A gente pode até não voltar... mas algumas coisas nos perseguem, nos acham, atiçam nossa memória...
Perdidos no mundo... só nos resta parar, pensar, contemplar, criar novas lembranças!
Opa, acho que 'viajei' muito, né Gustavo?

Papagaio Mudo disse...

Misterious Girl,

viajou não. É pára e Pensa mesmo, basta. E tudo flui... nova-mente.
Frui... só existe matéria.
criar novas lembranças!
adorei.
Bjos,


Gus