quinta-feira, novembro 05, 2009

agora não dá, me liga mais tarde, estou saindo, oi Gustav hoje é dia de pagar o aluguel, pois é eu lamento, mas vamos aguardar mais um pouco, você conversou com o Araújo? então fica todo dia cinco, você vai pra Papagaios? boa viagem, segunda a gente conversa, domingo o Xuxa vai pintar a loja, só tem gente famosa, verde limão, vai tirar aquele cocô de morcego da fachada, vai dar “cara nova” no sobradinho, você viu eu tô sem grana, só um instante, “Lucinha, diz que vai maínha mais eu”, pode deixar, sim, desculpa, tem que falar assim senão ela não entende, facilita a comunicação, você fala alemão? não, mas me viro bem, não tenho vergonha, “a que horas sai o trem?”, “meu nome é”, “de onde você vem/ pra onde você vai?”, “quanto custa?”, “aqui tem ducha quente?”, e eu tenho que ver tanta coisa, ele me entrega a chave, agora falando contigo, Karla, e eu tenho que me virar nos 30, Joselito sem noção, trinta e um, minha idade. Hoje é que dia mesmo? eu tenho que arrumar um cozinheiro, e o pizzaiollo, você vai me ajudar? termina essa monografia logo! eu te quero, eu vou na Biblioteca Pública devolver uns livros, mas você não estava sem os documentos? referências em filosofia, só na Biblioteca, mas então? Kierkgaard Feuberbach, e como..., “acho (penso) que não vou nem perguntar...”, então a gente se vê, I hear they say as I walk I hear they talk expect the final blast, eu vou te ver você me liga, nesse caso verifique se há problemas com a pontuação, eu te ligo quando chegar, açúcar mascavo, limão, abacaxi, pimenta branca, pimenta calabresa, isso vai ficar “picante”, preciso fazer mais chutney, eu podia fazer pão, pão com nozes, ou vocezes, Mussum, rio sozinho, não morreu, nunca morrerá, começamos a reverenciá-lo, preciso reiniciar recomeçar, ou melhor, começar, “dar andamento” prosseguir, adágio expressivo, Allegro ma no molto, piano, pianíssimo, andante, andantino, presto e fogoso! difícil interpretar todos esses ritmos,”andamentos”, latentes, pungentes, ou pulsantes, fico eu e minha mãe, somos dois, somos mil, então em dezembro você me ajuda, preciso de fluído de engrenagem, o telefone, alô...

9 comentários:

Dóri disse...

um quê meio josé saramago, bem interessante. haha

beijo


umanacoluto.blogspot.com

Papagaio Mudo disse...

obrigado!

beijo

Gustavo

Papagaio Mudo disse...

você fez uma boa escolha agora parou de chover hahae sylvio hahae Lombardi, ela sara-magos ele sara monges, fadas e outros objetos inanimados, meninos mimados, saiam do quarto, entrem no meu blog, venham se queimar, eu semeo o vento, palavras de-boca-fechada, sinal de alerta, vou pra rua e bebo até mais tarde, arde. Na minha cidade...

Papagaio Mudo disse...

o gaio da roseira
o gaio da roseira
o gaio da roseira
bela menina
o gaio da roseira...

Vanilla disse...

Pai do futuro Vinicíus ... gostei dos "Beijos avanilados" kkkk

Papagaio Mudo disse...

Oi Vanilla,

... se tudo der certo, aqui nascerá um futuro Vinícius, poetinha.
beijo,

Gus

Adriana Godoy disse...

Quase entendi você! Bj

Letícia disse...

-

a qe bom qe vc gosto do meu BLOG haha
ando meia dispersa dele e sim EU SÓ QRO BRINCAR - frase bem clichê..
adorei seu blog principalmente o banner =D


bjos!

Thaís disse...

seu BLOG é bastante interessante , obg por seguir :*