terça-feira, abril 20, 2010

Em poucas palavras, entristece-me dizer, mas:
.
TODAS AS MULHERES SÃO PUTAS

26 comentários:

Gisele Freire disse...

Uma declaração e tanto!
bj
Bom dia Gus!

Anônimo disse...

Pontos de vista, já agora de onde surgiu e como essa grande conclusão...
Beijos
Rita

Papagaio Mudo disse...

oi Gi,

é a Teoria da Evolução, seleção "natural"...
Darwin

É uma questão de interpretação.
Beijo grande,

Gus
ps: e bom feriado!

Papagaio Mudo disse...

Rita,

Sob certo ponto de vista, inclusive minha mãe o é. Vejamos o verbo "pavonear-se".
O que coloco em dúvida são os parâmetros dessa escolha, sendo que somos animais racionais.
Anyway... obrigado pelo comentário. Volte sempre!
Beijos,

Gustavo

Leni disse...

Uma grande verdade interpretada a partir de um certo ponto de vista! :D

Leni disse...

Sprechen Sie Deutsch? Tschüss

Giselle disse...

Algumas opiniões são estruturadas e construídas através de referências ou perspectivas estritamente pessoais, ou seja, tendo o umbigo ou sua própria representação social como reflexo dos outros.
Você coloca todas as mulheres num único grupo, somente por vingança ou estreitamento de visão. Qualquer ponto de vista que lançarmos, nasce da predisposição da compreensão que temos das coisas e essa sua estreita visão parece estacionada em rancor ou incapacidade dessa compreensão.
Tenho uma visão muito positiva das putas, seria uma facilmente, mas é preciso ser muito forte para enfrentar a escolha que fizeram, mas não são todas as mulheres que querem ser assim.
Lembre-se que as pessoas são diferentes, isso é muito imporante, principalmente para quem escreve, senão seus personagens femininos serão todas putas.
Como disse anteriormente, tenho um olhar especial sobre as putas e acho que elas são superiores a muita gente, inclusive à você e à mim.
Me coloco como puta somente quando a vida e suas dificuldades gritam alto demais, mas não me coloco como essa sua puta que é mais "fashion do que qualquer outra coisa e representa o lado tosco do ser humano.
Peço que não se entristeça por achar que todas as mulheres são putas, porque elas não são. Peço que se entristeça pelo seu egocentrismo e estreiteza de análise dos seres, pois não existe nada mais fácil do que generalizar.

Giselle.

Papagaio Mudo disse...

Giselle, putinha,

Não se prenda ao significante do signo. Não se prenda ao léxico da palavra. É uma questão de interpretação. Por favor, não se ofenda. Tudo bem. Eu retiro o ponto de exclamação.

Gustavo

Danitza disse...

e as moedas de trocas são várias

Gabriela disse...

Estive numa fase da vida que disse o mesmo dos machões. Mas não se pode generalizar nada! Não conheces todas as mulheres do mundo, não nada! Não podes dizer isso. Tal como eu não posso voltar a dizer que os gajos são todos cabrões!

Giselle disse...

Não se trata de questão de léxico ou linguagem, pois ali não há texto algum, somente uma afirmação preconceituosa acerca do valor da mulher, que é algo(parece-me)que nunca tenha conhecido, justamente por tratá-las como tal. O que mais me espanta é a inércia de algumas de suas "fãs" que acham tudo isso muito "natural".

Papagaio Mudo disse...

Sim Danitza,

As moedas de troca são várias. No reino animal, a genética é uma delas. As penas mais coloridas, o rugido mais alto, os chifes mais longos... Aqueles que são capazes de vencer os embates mais cruéis, dando a própria vida, sometimes.
Já na sociedade dos homens-e-mulheres: um (ou vários) orgasmos, o intelecto, o poder, a grana, o poder da grana e/ou a própria genética também.
Beijos,

Gustavo

Papagaio Mudo disse...

Giselle,

Se eu afirmasse:

TODAS AS FÊMEAS SÃO SELETIVAS

Creio que não estarias tão emputecida... são todas putas em seu instinto de preservação. E você, em sua retórica anônima e redundante, que não sai do lugar. Ao menos eu afirmo e assino. Não gosto do conceito de generalismo, mas, em geral na natureza, o macho deseja perpetuar sua genética na cadeia evolutiva.
Quanto as minhas "fãs", dirija-se diretamente a elas, não a mim.

Gustavo

Papagaio Mudo disse...

e outra:

Afirmo o que quiser, acerca do que quiser... Tenho essa liberdade assegurada por Lei, e faço uso dela. Não cometo aqui nenhum crime (talvez contra a sua capacidade de raciocínio).
Deixo registrada a sua opinião, mas pense um pouco sobre o que quero dizer. Se continuares assim, acabará por fundar um movimento, contra ou a favor de qualquer coisa.

Giselle disse...

Não pretendo fundar movimento algum, a razão destes comentários, que de maneira alguma gostaria que existissem, é sua arrogância, preconceito e diminuação do valor de um ser humano, devido ás suas frustações. Não resuma o valor de alguém de acordo com suas características, que me parece ser seu único ponto de referência. Continue postando o trabalho de qualidade alheio, que já está de bom tamanho, quem sabe assim você se perceba como um ser igual, mas diferente dos outros, respeitando e sendo respeitado.

Giselle.

Papagaio Mudo disse...

Giselle com 2 éles,

Quero profundamente acreditar que estou errado, mas no momento passo por um período de reflexão. Desculpa se te ofendi. Não foi minha intenção, sendo que nem a conheço... Por favor, respeite o meu momento.
Abraço,

Gustavo

Anônimo disse...

é Giselle, umbigo é a palvra.

Patife disse...

O Patife concorda. Por isso é que o Patife as trata como ladies. Como aquele lorde inglês cujo segredo do sucesso com as mulheres era tratar as ladies como putas e as putas como ladies.

Giselle disse...

Respeitarei se momento, caro sr. papagaio, mas antes tenho que lhe dizer que essa atitude é típica de gente mimada:"Me deixe em paz!", mas algumas questões foram colocadas e como sou existencialista até à medula, acho que somos responsáveis por nossas atitudes e dos desdobramentos que delas são desencadeados. Portanto, agir com responsabilidade diante de nossas atitudes é respeitar a si mesmo.

Papagaio Mudo disse...

Giselle-Madalena-arrependida,

Se você é existencialista radical até a medúla (acho que nem sabe o que está dizedo), deve ter culpa no cartório, devia ler mais... Conhece o desdobramento, desencadear ou desenrolar de um filamento rizomático?
"Me deixe em paz!" é por sua conta. Se fosses um pouquinho ética deixaria seu "link" mostrando a cara sem medo de nada. Te dou mais uma chance. Você não me incomoda porque se esconde no anonimato. E digo:
Respeito a mim mesmo como respeito as putas, Madame Gigi.
Beijo,

gustavo(2001@gmail.com)

Papagaio Mudo disse...

sim, umbigo é a palavra.

Giselle disse...

"Papagaio mudo" também é uma máscara! Tem medo do quê? Não discutirei questões literárias-filosóficas com você, pois o que você faz não passa de mera colagem de textos alheios e os ilustra com fotos fashion e utiliza inúmeras falas de efeito. Literatura é substância, não mera aparência. Infelizmente tenho que lhe dizer que seu umbigo é igual a todos os outros, inclusive das putas!

Giselle

Papagaio Mudo disse...

Giselle! ou Emanuelle, ou Michelle...

Que bom ler você aqui.
Finalmente uma crítica. Agora-melhor.

"(...) o que você faz não passa de mera colagem de textos alheios e os ilustra com fotos fashion e utiliza inúmeras falas de efeito."

Gostei. É melhor um tapa na cara do que a indiferença. Gosto mais. Mais uma frase de efeito. Afinal, dificil obter uma "noção de sensação de percepção", um "percepto".

A metafísica não se discute. Teorias simplesmente "são", presas à si mesmas.
Simplesmente,
presas à elas mesmo.
Imutáveis, ossificadas, indestituíveis.

Papagaio Mudo é só o nome do blogue. O meu é Gustavo Perez.

Minha opinião é a seguinte: replicar comentários anônimos é como trocas tapinhas no escuro.

Blogo pelo mero prazer de ver meu texto layoutado na página.

Papagaio Mudo disse...

Fulana,

como e de onde você surgiu?

Papagaio Mudo disse...

Seu intuito é o de bradar alto contra minha frase, certo? sendo politicamente correta, defendendo, priorizando, não transgredindo, sendo 'legal' e levando pro lado pessoal, lutando contra e a favor de uma visão ossificada, falso-existencialista, quase passional. Diante disso me sinto "quase" blasé. Como existencialista, você também não acredita em Deus? embora eu não tenha nada a ver com sua história...

Papagaio Mudo disse...

finalmente a puta-velha cansou de replicar...