sábado, novembro 06, 2010

vostro bimbo



É difícil "ser" humano. Sinto que é difícil escrever num sábado desanimado, desassossegado. Muitos ésses numa mesma palavra me cansam. O que você está fazendo? M de menina dos olhos de anjo, M de você, o ano ainda não terminou (o ânimo também não). Ainda não se completou minha luta, esse sentimento de rispidez com a vida. Sigo passo a passo bem devagar. Ainda não acabou minha vontade de viver, essa voz intrínseca que não cessa, ainda não consigo ver. Ainda predominam desânimos com os quais tenho que lutar. Anjos e demônios com os quais sou obrigado a viver. "Problemas com o pai que se foi? Rancor com a vida?" animosidade com a sociedade? Sim, não tenho mais esses problemas, sempre odiei as massas. Aprendi a viver sozinho. Quero conquistar, mas no momento, a mim mesmo. Não é muito difícil, gosto muito de mim.Talvez a ver “de fora” e não enxergar a si mesmo e participar anestesiado do processo. O processo é lento, é pós-moderno, é cultural. A cultura é burra, é lenta, é alienada, é ignorante da mudança. Dia em que a cultura de cento e quarenta caracteres apenas diz, mas não diz nada apenas por dizer. Em casa ouço os pássaros cantando. A modulação perfeita de sons. Em mim resta ainda um desacordo, um desajuste. Gosto de caminhar na natureza no verão. Chove, mas é melhor do que essa floresta de pedras. É melhor viver do que chorar.

7 comentários:

Papagaio Mudo disse...

Io,
vostro
bambino
caro.
Baci,

G.

Papagaio Mudo disse...

Io,
vostro
bambino
caro.
Baci,

G.

Adriana Godoy disse...

Ei, Papgaio, gostei dessa coisa toda que vc escreveu. Identificação imediata. Sempre passo por aqui, mas não deixo comentário. Beijo

Papagaio Mudo disse...

Oi Adriana

Anônimo disse...

Oi, Neno!
depois de muito tempo passo pra fazer uma visitinha!
saudades...
bjos
Mildred

Papagaio Mudo disse...

Mildy!

Que bom sua visita! Saudades também...
um beijo e
um abraço
emocionado,

G.

Juliana Cavalcanti disse...

long time... =D
Gostei disso! Muito profundo.