quinta-feira, dezembro 09, 2010

Caixa de gordura


Como fui centrifugado pelo ralo da pia. Não sei como fazer mais, nunca soube e hoje sei menos ainda. Como um sorriso se esvaiu do meu rosto. Como a pirofagia das minhas entranhas tenta o ph ideal. Emocional. Como tentei alinhar seus glúteos e acabei parando na caixa de gordura.


Nenhum comentário: