quinta-feira, dezembro 02, 2010


E a chuva chegou. Chegou quando eu menos esperava. Chegou quando eu esperava algum alívio. Chovia à minha volta, mas não aqui. Agora não. Agora choveu na minha aorta. As águas do céu lavaram todos os vasos, as veias, as mágoas, as artérias.

Um comentário:

Raquel disse...

http://www.youtube.com/watch?v=0M7ibPk37_U