quinta-feira, junho 30, 2011

Nietzsche

use se precisar



89
As aventuras terríveis nos fazem pensar se aqueles que são por elas tocados não são também algo terrível.


92
Quem ainda não se sacrificou pelo menos uma vez pela sua própria reputação?
98
Quando se amestra a própria consciência, esta acaricia ao mesmo tempo em que morde.
109
O delinqüente de modo muito freqüente não está à altura de seu delito: ele o empequenece e o calunia.
124
Quem na fogueira exulta ainda, não triunfa da dor, mas de felicidade de não sentir a dor que esperava. Um símbolo.
132
É se punido principalmente pela própria virtude.

4 comentários:

Josi Puchalski disse...

ps: já tem reseposta para a minha pergunta? "as metades que você mostra são fragmentos ou partes inteiras que se mostram?

Oi! Ainda não achei a resposta. Qual a sua opinião, de quem vê de "fora"?

Papagaio Mudo disse...

Um pequeno traço de estilo mostra a impressão máxima que se pode ter de uma pessoa.

Caiocito disse...

As aventuras terríveis nos fazem pensar se aqueles que são por elas tocados não são também algo terrível.

tomara que só nos faça pensar, e que não somos tão terríveis assim.

Papagaio Mudo disse...

Olá Caiocito,

Gostou dessa? Ele sugere que sim, não é? que sejam "também algo terrível", mas vivemos num país tropical. Relax...