segunda-feira, outubro 03, 2011

Como escrever a história da desausteridade do homem pós-moderno?


é como onda que se afasta
é como a nuvem que passa
é o sorriso que pasta
é a sensação desesperada
de não haver produzido nada


sócioTAPA

Nenhum comentário: