segunda-feira, janeiro 09, 2012








A partir desse isolamento mórbido, do deserto desses anos de tentativa e erro, há um longo caminho a essa segurança vasta e esmagadora que não pode dar a própria doença ganchos e meios de conhecimento para que a liberdade madura desse espírito, que é igualmente auto-controle e disciplina de coração, e permite acesso à muitas maneiras conflitantes de pensamento para que a cópia e o excesso de refinamento interno, que exclui o perigo do espírito, por assim dizer, tornar-se perdido, apaixonado por seus próprios caminhos e, embriagado, não se sentar em qualquer canto, até as forças de plástico em excesso que dão ao espírito o privilegio de viver na perigosa tentativa de nos disponibilizarmos para a aventura humana.









Um comentário:

Papagaio Mudo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=Xg_F_moEfpk&feature=related