quarta-feira, janeiro 02, 2013

nenhum







Лепрозорий / Убежище

A hora do silêncio. No seu caderninho esquecido. Lembranças jogadas fora. Tidas que arrancar, quando obtidas. Tidas que sonhar quando obtidos novos confrontos, novas partidas. Quando se sabe que ficou pra trás a pele velha?

Nenhum comentário: