sábado, agosto 10, 2013

(ouvindo Le Cuona ao piano)

Tem gente que não sabe ser apenas. Como eu, simplesmente.
Sou como esse editor de texto. Lento e burro. De fato, somos muito parecidos. Claro que ele ganha, mesmo que eu encontre mais sinônimos, menos eruditos e certamente mais significados do que ele sabe quando ele discretamente me manda pro Dicionário de Sinônimos (três pontinhos).
O que temos
 (sinônimos que ele me oferece para a palavra “temos”: 1. apresentamos, 2. Trazemos (? meio vago...), 3. contemos, 4. encerramos, 5. incluímos, 6. Excluímos (antônimo), 7. abranger (palavra relacionada), 8. Existimos (???)
afinal, de semelhante? 
Ele é bastante abrangente (sinônimo: compreensivo...?) e pode criar significados aleatórios. Baseado em quê? Assim como eu, o a última perfeição, o apogeu da suas reentrâncias contorna a própria cabeça e retorna.
abstrai somente entorno do pequeno e próprio cabedal de ilustrações. Somos figuras flutuantes. Sem pincel nada somos.
mas nos relacionamos diferentemente com os modos próprios da cultura, Ele é mais pudico. Vejam, ao invés de tesão ele sugere “excitação sexual” o que é bem complicado de encaixar em qualquer lugar.
todo anoitecer eu agradeço ao grande Buda na hora da refeição. Meu pai se sente reverenciado. Another day like in this. Um dia como qualquer outro. Tem gente sabe ser feliz. Um dia neutro pode ser algo além de um dia morto.
Madrugada que se aproxima e essas palavras que me povoam. Todas elas são como cidadãs do mundo. Cada uma com seu suave grave. Cada som com seu grosseiro sentido. Soa nos recôncavos do crânio. Feito um vento errante, apavorado.
Entrecortando cada silaba tônica.
Cantando jazznelas semicerradas.
Semitons agudos e baixos.
Passando no pelo do burro.
Do burro e da besta esfolada.
da besta esfolada e do doido.
passou, só levantou poeira...






descrente de lágrimas










Luís Buñuel um dia disse Jean-Claude, seu biografo, “ ...as autobiografias são como os romances. Porém, sem o capítulo  final”.



sobre o editor de texto.
Bunda ele sabe o que é, mas parece que nunca viu uma buceta.

Nenhum comentário: