sábado, agosto 17, 2013

Pipo-capeta cenográfica




usança
from picadilly circus


Eu não desejo tornar pública a minha miséria social, física, intelectual, mental, familiar e por aí afora. Mas não posso refazer cenas que já foram atuadas. No palco da vida não tem reprise. No palco da vida não apresentam duas vezes a mesma cena. No matter who’s the theatre owner. Deus ou o Diablo?  
A lua tem agora uma cara triste. Sorriso banguela crescente virou nebuloso farol.
Sinaliza o que? Ofusca estrelinhas.
Circulo no círculo antes da festa. A bola lua branca me contém ou exclui? A peça peca por falta de público e conteúdo polissêmico. Pra cada boneca falta um assento. Ibsen reclama muito. Deu piolho na barba.
Ababa.
Hoje vou jantar com os atores. Hoje encerra as dez. o espetáculo é novo.
Neil, nada é mais young. Ma old brother, you one and the same little sucker.
Nada
new. It’s all over now baby blue.

Meu pai operou de novo. Olho o olho dele, vermelho vermelho.
Acredito que escrevo, mas isso não é um cachimbo.  
perguntei, o que você está se sentindo? Ele respondeu na hora “dor!” com aquela voz de caçula que somos que faz chorar agora, aperta o peito e desfazz esperança de alegria, ainda que fugaz-ilusória.  Debela,, jugula, sobrepuja, abafa, termina, ocasiona um mim curumim feito nada.

na sala sepulcral silêncio silencia.
Às vezes não basta saber que temos afeto. Amor se demonstra fazendo coisas.
Deus, traz, começa, inclui.

de volta.


meu nome na lista: suicida coloquial

sucessão dos dias


Nenhum comentário: