segunda-feira, janeiro 06, 2014

#vanluchiari


Bom seria selecionar o que lembrar e o que esquecer. Devíamos vir com essa capacidade. Porque tem coisas que olha, não queremos esquecer por nada. Pelo contrário. Parece que elas é que nos avisam que estamos vivos. Então as guardamos ali, numa redoma protegida pelo coração, esperando que nada nunca as macule ou apague. E lembrar vira uma espécie de rede salva-vidas na hora do salto. Uma estratégia para driblar a finitude das coisas. Um filtro que só deixa passar o que nos põe vida no corpo. 

#vanluchiari



Forte ou manso
sei que te amo
e nunca te alcanço. 



Nenhum comentário: