sexta-feira, maio 16, 2014

"Caixa de Boneca"

Tão infantil o nome dado para este momento difícil que o é o de criar. Mas a caixa da boneca está lá, em cima do guarda roupa, proibida de ser tocada, lá solitária. É um momento filosófico, de decisão, de desespero e medo. Querer a boneca e sua caixa que lhe foi presenteada e não poder toca-lá. A boneca, a caixa não podem se estragar. A posse, o aconchego no colo da dona, a brincadeira de casinha, tudo isto é proibido. Este mundo da brincadeira é fantástico,mas o real está ali, naquele quarto de menina, solitária em seus desejos, na sua falta de alguém para estar com ela, de brincar, acariciar, aperta-la nos braços, e quando ela imaginou que seu presente, sua boneca lhe poderia fazer-lhe tudo isto, ela descobre que no quanto os dois mundos, o dela e o da boneca são iguais. E dentro desta  caixa, a boneca quiçá queira pular, sair e viver com garantias de ser feliz assim como a sua dona", dentro da caixa eu coloquei, junto à boneca um escrito, "Me coloquem aqui e não me deixem sair".
                                                                      




























Um comentário:

Gustavo Alvarez disse...

Lindo, Francisca. Delírio, emoção,
"niñez" ao coração...




Feliz de ver


>..<