terça-feira, setembro 16, 2014

Diálogo

conversávamos noutra noite, a Lua e eu













... estranho
Digamos, um homem misterioso, que você ama mais - o pai, mãe, irmão ou irmã?
- Eu não tenho pai ou a mãe, ou uma irmã, ou irmão.
- E os amigos?
- Eu não entendo o que você é: o seu significado me escapa.
- Uma casa?
- Eu não sei em que latitude se encontra.
- Beleza?
- Eu ficaria feliz em amá-la, se ela fosse uma deusa imortal.
- Gold?
- Eu odeio como você odeia a Deus.
- Então, o que você ama? ou estranha, estranho?
- Eu amo as nuvens... as nuvens que flutuam lá fora... longe... nuvens fabulosas!

Nenhum comentário: