quarta-feira, maio 20, 2015

Imagens dos meus cadernos de notas



Gustavo Perez construiu um mosaico de imagens. Possivelmente um Minotauro e um dragão de Komodo iniciam as cenas dos quadrados. Beleza e força nos chamam a atenção. A beleza e a força das duas figuras se impõem. É a preparação de um confronto ou dois grandes apenas se contemplando, não importa. O início do mosaico é lindo, forte e basta. Um "ready-made" se sobrepõe a alguns desenhos. Uma forte sensação de luta. Desenhos se debatendo abaixo. De um bonequinho, riscos, rabiscos, formas em desenhos que parecem querer tirar a posição de protagonista do pequeno boneco, enfim, imagino isto só de olhar. Vamos seguindo, o mosaico, até o final, nos coloca num mundo de textos, pequenos bordados, colagens com figurinhas e pequenos textos as vezes tão distantes uns dos outros...
Intimista, autobiográfico, o mosaico de Perez nos da a sensação de que ele nos espia, quer participar conosco desta visita ao seu trabalho.Quatro fotos em diferentes formas, duas três por quatro, um desenho e uma digital roubam a cena de todos outros acompanhantes do mosaico. São quatro mostras do rosto do artista nos cumprimentando e nos oferecendo um pouco dos mistérios que a arte apresenta em formas que o artista faz, e como Gustavo Perez fez e nos presenteou.







Por Francisca Bello

Um comentário:

Pedro Lima disse...

belo, belô, - Bello -:- belíssimo