domingo, julho 12, 2015

Há coisas que só se pode ver sob determinada luz... ou sombra

Sete anos se passaram ... Como você pode não o suficiente, Mikhail ...
A essa hora os ruídos somem, e eu me lembro de como o calor do seu fogo me consome pensando em mim pra ser meu homem nos meus olhos, olhos, olhos...




Noite brilhou. A lua estava cheia jardim.
Sentamos com você na sala de estar, sem luzes.
O piano era tudo aberto, e cordas em tremia
Como temos coração para as suas músicas.

Você cantou até o amanhecer, em lágrimas exausto,
O que você é um - o amor que não há nenhum outro amor,
E assim que eu queria viver, de modo que o som não está caindo,
Te amo, abraço e chorar por você ...



Nenhum comentário: