quinta-feira, julho 16, 2015

sentindo-se explodir de saúde caem mortos com as bacias nas mãos



Antes de se caracterizar qualquer mal-estar físico ou psicológico, espalham-se pelo corpo manchas vermelhas que o doente só percebe, de repente,quando se tornam escuras. Ele nem e tempo de e assustar, e sua cabeça já começa a ferver, a tornar-se gigantesca pelo peso e ele cai. Ante de se caracterizar qualquer mal-estar físico ou psicológico espalham-se pelo corpo manchas vermelhas, doente só percebe, de repente, quando se tornam escuras. Ele nem tem tempo de se assustar, e sua cabeça já começa a ferver, a tornar-se gigantesca pelo peso ele cai. Sobre os riachos sangrentos, espessos, nauseabundos, cor de angústia e de ópio que rotam dos cadáveres passam estranhas personagens vestidas de cera, com narizes oprimidos, olhos de vidro e montadas em uma espécie de sandálias japonesas, feitas com um arranjo duplo de tabuinhas de madeira, uma horizontal em forma desola e a outra vertical que as isolam dos humores infectos; elas passam mal odiando litanias absurdas, ou ladainhas que são uma forma de oração utilizadas nos cultos cristãos e consistem em uma série de preces organizadas em curtas invocações e cuja virtude não as impede de submergir por sua vez no braseiro. Esses médicos ignaros só os trazem meu medo e sua puerilidade

Nenhum comentário: