terça-feira, agosto 18, 2015

Portrait d'une femme



Sua mente e só você - nosso savoir affair a nada mais,
Londres estará por lá – por dezenas de anos,
E os navios vão deixá-lo a ele e escapar
Ideias, o mais velho, o resto de todas as coisas
estranhos itens da recordação vão ficar
você para mim e para outro.
Está no mundo sempre. Tragédia?
Não. Esse proceder de papel irregular:
Um homem voa no tamanho grande das mulheres
Uma mente voa - com sementes de nem sei
Oh, ter você pela eternidade, sou a luz, como você
a do Relógio, onde estiver pela tempestade em outras circunstâncias
Agora você deve pegar seu voo. Sim, no aconchego generoso
que a trás a lua quando brilha
Você - interessante pessoa, vêm para você a todo jorro
E com sobrou estranha e presa
A captura de troféus firme observação
Fatos não levam a lugar nenhum
ou mais do que isso,
O que poderia dizer?, mas nunca não distante,
Tomar nota não trabalhar estes bailes delirantes
para a sua mão nas horas, nos dias do sol
Meu trabalho convertido em lágrimas de diamante
Ídolos âmbar cinza e serão como raios -
Esta sua riqueza, a sua bagagem impressionante e não menos,
Para o propósito do presente total e material zepelim dourado
um novo estoque de letras e pensamentos frescos
Em diferentes cores atuais se calam
em profundo nada
aqui e em todo e em todo
Nada da sua rede
E tudo É você

Deus o meu prazer de tocá-lo
quando não me sinto mais humano
quando sou eu do seu jeito
Trago a se curvar camada a camada
Ou levar suas mãos nas minhas
Já que as palavras riem em sua boca
tocar em você Deus é o meu prazer 
   

2 comentários:

Anônimo disse...

Deliciosa!

Gustavo Alvarez disse...

também achei...