sexta-feira, junho 17, 2016



Sei que muitas pessoas passaram por traumas horríveis. O meu não seria pior nem menos do que qualquer outro. Um desafio grande essa vida breve. Como eu me sinto agora? Não sei... Distante, invisível, triste, cego.






Nenhum comentário: