domingo, fevereiro 05, 2017

in dubio pro reu



Raspei minha cabeça em signal de devoção, não de vaidade. Ela disse que meu sorriso continua triste através dos séculos. Quando eu falei "esse inverno" causei estranheza. Coisa mais europeia, ela falou em tom de falência. Acidentes acontecem. Eu tenho esse gen na minha cadeia. É por isso que eu me emociono com a minha própria poesia. Tomando sopa de caneca na cozinha, e olhando pela janela a imagem Santa acima da minha composteira. Já consegui cavar dois canteiros de 2,10m x 1,10m e uns 3cm de profundidade. Agora a terra secou e tomou chuva. Essa semana precisa peneirar. Estou fazendo uma bela farinha de ovos. Consegui as cascas numa padaria. Coletando, pedindo, sendo humilde (nem precisa dizer). Ainda não coletei resíduo orgânico pra composteira (Nem é preciso pedir. É só pegar as sobras que os Sacolões despejam na porta como "lixo"), pois estamos produzindo mais do que eu consigo tratar. Fazer o manejo de resíduos orgânicos e recicláveis é muito fácil. Difícil é fazer o manejo de resíduos tóxicos. Um pequeno projeto de vida me atrai.

Nenhum comentário: