sábado, fevereiro 18, 2017

por qual motivo?


Procurar... Navegar... Vagar, vagar... Mimetizado ou exposto é inevitável sofrer os danos da existência. Ninguém atravessa ileso a inédita experiência da vida. Amanhã é meu trigéssimo nono aniversário. Procurar, navegar, vagar, encontrar, encontrar o passar dos anos. Nova síntese do conceito hegeleniano.  Que tal, tio? Gestalt? Vai nadar no rio! Vai cagar no frio. Pegar minhoca no brejo... Lamber navio. Parece loucura minha, mas não sou só eu que queria agora um pouco de carinho. Sem reabrir feridas nem verter lágrimas por uma causa já superada. Eu, quero uma pessoa que queira ser amada em troca de nada. Em troca das minhas ideias felizes, talvez, dentro de um homem triste. Há muito tempo estou entre lá e cá, mas aqui não é nenhum dos dois. Desses tempos pra cá, desde que o mundo entrou em crise de mentalidade social, tudo muda da noite pro dia. E tem mudado cada vez mais, de mais, de forma radical. Minha misantropia me fez querer dessassociar do partido e da irmadade, tão de repente quanto sem motivo. Parei, de frequentar esse mundo. Fiquei preso em uma dobra do Espaço-Tempo.
Reconsiderando uma nova paisagem em outro mundo, quem sabe...

Nenhum comentário: