quinta-feira, março 02, 2017

caguei



Quando eu era criança aprendi a brincar sozinho


Estou distante... Essa vida idílica não é exatamente o que parece. Mas é inédita, e abriu minha mente. Como se antes eu caminhasse na escuridão, sentindo-me frágil e ameaçado. Não sei dizer antes de quê ou por quê. Se mergulhei muito fundo durante a militância na adicção ativa. Antes de perder tudo e transformar-me em uma moeda de cinco centavos. Perder o sentido da vida. Esperança, sonhos, ilusões. Abri minha pequena caixa de Pandora.
Trepei com todas as dualidades. Dias e noites clamanddo a sua-presença-morena. O tempo e a natureza cobraram seus direitos. Tomei o volante e pisei fundo ao precipício. Neófito da não-ideologia, portanto. Foda-se.  

Nenhum comentário: