segunda-feira, dezembro 19, 2011

A portuguesinha

O céu desabou sobre um ignoto ser como eu
sobre o verme sobre a terra puritana
sobre a cidade e sobre a mocidade





E as ciganinhas chacoalham suas castanholas
e as freiras comungam seu monastério
pela força da polifonia






o macarrônico ser literário
se transformou em
tédio

6 comentários:

Nina Rizzi disse...

ó! sasha grey, minha diva e educadora!!! :-)

Adriana Godoy disse...

Bonito, Gus!

Papagaio Mudo disse...

Divas... o papagaio anda cheio de divas... Beijo Nina. Feliz natal.
Gus

Papagaio Mudo disse...

Obrigado Dri.
Abrass,

G.

Silvares disse...

Grande silêncio entre a mocidade e as ciganinhas.
:-)

Papagaio Mudo disse...

Oi Silvares.
Bom natal!

Gusta:^)