sexta-feira, abril 04, 2014

Mulțumesc România!

Obrigado Romênia!




Os principados da Valáquia e Moldávia - durante séculos sob a soberania do Império Turco Otomano - garantiram a sua autonomia em 1856; eles se uniram em 1859 e alguns anos mais tarde adotaram o novo nome da Romênia. O país ganhou reconhecimento da sua independência em 1878. Ele juntou-se às Forças Aliadas na Primeira Guerra Mundial e adquiriu novos territórios na sequência do conflito. Em 1940, aliado com as potências do Eixo e participou em 1941 da invasão alemã da União Soviética. Três anos depois, invadida pelos soviéticos, a Romênia assinou um armistício. A ocupação soviética do pós-guerra levou à formação de um comunista "República Popular", em 1947, e a abdicação do rei. A regra do ditador Nicolae Ceausescu, que assumiu o poder, em 1965, e seu estado policial Securitate décadas tornou-se cada vez mais opressivo e draconiano até os anos 1980. Ceausescu foi deposto e executado no final de 1989. Ex- comunistas dominaram o governo até 1996, quando eles foram varridos do poder por uma coalizão rebelde de partidos centristas. Em 2000, o Partido Social Democrata de centro-esquerda (PSD) tornou-se principal partido da Romênia, governando com o apoio da União Democrática dos Húngaros na Romênia ( UDMR ). A aliança de centro-direita de oposição formada pelo Partido Nacional Liberal ( PNL) e do Partido Democrático (PD), obteve uma vitória surpresa sobre o PSD decisão em eleições presidenciais dezembro de 2004. A aliança PNL- PD mantém uma maioria parlamentar com o apoio da UDMR, o Partido Humanista (PUR), e vários grupos étnicos minoritários. Apesar de a Romênia haver concluído as negociações de adesão com a União Européia (UE) em Dezembro de 2004, deve continuar a abordar a corrupção desenfreada - enquanto revigorantes reformas econômicas e democráticas em atraso - antes que possa atingir a sua esperança de adesão à UE, provisoriamente marcada para 2007. Romênia aderiu à OTAN em março de 2004.




Moldovan students from Romania wave the national flag: Moldova accuses Romania of 'attempted coup.
The principalities of Wallachia and Moldavia - for centuries under the suzerainty of the TurkishOttoman Empire - secured their autonomy in 1856; they united in 1859 and a few years later adopted the new name of Romania. The country gained recognition of its independence in 1878. It joined the Allied Powers in World War I and acquired new territories following the conflict. In 1940, it allied with the Axis powers and participated in the 1941 German invasion of the USSR. Three years later, overrun by the Soviets, Romania signed an armistice. The post-war Soviet occupation led to the formation of a Communist "people's republic" in 1947 and the abdication of the king. The decades-long rule of dictator Nicolae CEAUSESCU, who took power in 1965, and his Securitate police state became increasingly oppressive and draconian through the 1980s. CEAUSESCU was overthrown and executed in late 1989. Former Communists dominated the government until 1996, when they were swept from power by a fractious coalition of centrist parties. In 2000, the center-left Social Democratic Party (PSD) became Romania's leading party, governing with the support of the Democratic Union of Hungarians in Romania (UDMR). The opposition center-right alliance formed by the National Liberal Party (PNL) and the Democratic Party (PD) scored a surprise victory over the ruling PSD in December 2004 presidential elections. The PNL-PD alliance maintains a parliamentary majority with the support of the UDMR, the Humanist Party (PUR), and various ethnic minority groups. Although Romania completed accession talks with the European Union (EU) in December 2004, it must continue to address rampant corruption - while invigorating lagging economic and democratic reforms - before it can achieve its hope of joining the EU, tentatively set for 2007. Romania joined NATO in March of 2004.




Nenhum comentário: