quarta-feira, março 11, 2009

A vingança

Quem criou o Dia Internacional da Mulher?

1) Foi o sindicato dos motéis?

2) Foram as joalherias?
3) Foram as floriculturas?
4) Foram as lojas (ou fábricas) de eletrodomésticos?
5) Foram os salões de beleza?

Neste dia do ano de 1857, as operárias de uma fábrica têxtil de Nova Iorque entraram em greve, ocupando a fábrica, para reinvidicarem a redução de um horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas. Estas operárias que, nas suas 16 horas recebiam menos de 1/3 do salário dos homens, foram fechadas na fábrica onde então se deflagrou um incêndio e cerca de 130 mulheres morreram queimadas.
Em 1910, em uma conferência internacional de mulheres realizada na Dinamarca, foi decidido em homenagem àquelas mulheres, comemorar o dia 8 de março como Dia Internacional da Mulher. Um ano depois, em 1911, a UNESCO dispos em documentos a data a nível mundial.
roserouge Quem criou o dia internacional da mulher deve ter sido um cabrão dum filho da puta machista misógino asqueroso, que não tem qualquer respeito pelas mulheres e que não deve ter tido mãe a sério para lhe dar duas lambadas bem assentes nos cornos quando ele se lembrou de tal coisa.
...e o mistério continua.

11 comentários:

BAR DO BARDO disse...

entre riso e lágrima, que faço?

Papagaio Mudo disse...

"Excesso de tristeza ri. Excesso de alegria chora."
Provérbios do Inferno
William Blake

Coloca tudo no papel,
abre uma Skol,
esquece da vida...
Abraço,

Gustavo

Texto-Al disse...

belas imagens;)

Papagaio Mudo disse...

muito obrigado>¨<

roserouge disse...

E o que adiantou terem criado o tal dia internacional da mulher? Continuam a ser brutalizadas, espancadas, abusadas, desrespeitadas, violadas e queimadas vivas. Não é a criaren dias e bater palminhas "ai somos tão bonzinhos, tomem lá um diazinho ao ano e vão lá jantar fora com as amigas" que as coisas mudam. Isso que fizeram com aquelas mulheres da fábrica foi crime, foi homicídio em massa. Foram castigados, os homens que fizeram isso? Felizmente cá em Portugal já temos uma associação de apoio à vítima que, tem de facto ajudado mulheres vítimas de violência doméstica. E nos países onde não existe nada disso? Nos países islâmicos, por exemplo. De que lhes adianta o 8 de Março? E nos outros 364 dias do ano? Não têm importância? A mulher é o quê? Uma jarra de flores? Puta que os pariu!

Papagaio Mudo disse...

Não ficaste ofendida de colocar tuas palavras, não é?
Concordo ipses-literis, com cada letra do que você escreveu.
Abraços,

Gustavo

ps: e reintero, puta que os pariu!

roserouge disse...

Claro que não fiquei ofendida! Mas há coisas neste mundo que me põe fora de mim, a violência dos homens contra as mulheres é uma delas. E o 8 de Março é mais uma hipocrisia deste mundo. Bj.

Mina disse...

Qualquer homem tentando ser feminista vai soar pretencioso, até porque falar é fácil, quero ver sentir na pele. E daí pode-se tentar toda abstração do mundo... nunca será a mesma coisa.

Papagaio Mudo disse...

é verdade, Nina,

Porque o inverso também é verdadeiro. Mas, admiro as mulheres, assim como admiro qq ser humano de bom coração. Esse é o meu ponto de vista. Mas se concordo com a hipocrisia selada no dia 8 de março, aqui está o espaço para Vingança moral.
Beijos,

Gustavo

ps: não some não...

Papagaio Mudo disse...

concordo com "o fato de" ser o dia 8 de março um dia da hipócrita.
(a língua portuguesa dá margens à interpretações ambíguas)

Mina disse...

Gustavo,

O inverso é nadar com a corrente. Easy. Assim como seu discurso de bom moço. Sem ofensas.