segunda-feira, março 08, 2010


Ainda que eu pudesse te encontrar em sonho, ainda que falássemos a língua dos anjos, ainda que pudesse te tocar e vislumbrar sua tez, seus olhos serenos, acarinhar-te as faces, amar mais do que ser amado. Ainda que disséssemos nada e ainda assim pudesse enxergar sua alma, todas as mazelas que trago no peito não mencionaria palavra. Na realidade do sonho, das tristezas idas, das idas e vindas, da busca incessante de nos mesmos e o desejo de paz preenchendo cada pedaço do corpo, silenciando nosso pensamento a contento. Ainda que a iluminação desprovida de todo orgulho, toda vaidade. Ainda que eu a reconhecesse e você a mim, e ainda fôssemos enfim, cúmplices desse torturante silêncio. Ser e existir, jogando palavras ao vento, ou nos curvando às infindáveis incertezas do Tempo, eu pediria apenas,
.
Abraça-me

6 comentários:

XANABIOTICX disse...

an amazing photo.

XANABIOTICX disse...

indeed, a sad post. i can almost feel the sadness seeps into me.

i'll hold you.

Papagaio Mudo disse...

XANABIOTX,

"love" means sadness for me...
I'm so tired of it.
I'll hold you back in a big hug.
Kisses,

Gus

XANABIOTICX disse...

likewise. i sometimes wish i have more love, but when i finally get it, i realize that it only hurts me. maybe love was suppose hurt. i don't know.

thank you for the hug.

Lápis disse...

Lindo!

Papagaio Mudo disse...

Obrigado Lápis.
Escreva mais vezes.

Abraço,

Gustavo