quinta-feira, outubro 29, 2009

Jamaica Etiópia...


“Enquanto a filosofia que declara uma raça superior e outra inferior não for finalmente e permanentemente desacreditada e abandonada, enquanto não deixarem de existir cidadãos de primeira e segunda categoria em qualquer nação, enquanto a cor da pele de uma pessoa não for mais importante que a cor dos seus olhos, enquanto não forem garantidos a todos por igual os direitos humanos básicos, sem olhar a raças, até esse dia, os sonhos de paz duradoura, cidadania mundial e governo de uma moral internacional irão continuar a ser uma ilusão fugaz, a ser perseguida, mas nunca alcançada. E igualmente, enquanto os regimes infelizes e ignóbeis que suprimem os nossos irmãos, em condições subumanas, em Angola, Moçambique e na África do Sul não forem superados e destruídos, enquanto o fanatismo, os preconceitos, a malícia e os interesses desumanos não forem substituídos pela compreensão, tolerância e boa-vontade, enquanto todos os Africanos não se levantarem e falarem como seres livres, iguais aos olhos de todos os homens como são no Céu, até esse dia, o continente Africano não conhecerá a Paz. Nós, Africanos, iremos lutar, se necessário, e sabemos que iremos vencer, pois somos confiantes na vitória do bem sobre o mal” Selassie

Nepal



0
Sadu quer dizer "homem santo”. São muito respeitados na Índia e Nepal. Há sadus que roubam pessoas também. Em geral, todos eles fumam maconha. Os sadus são ascetas, renunciam ao mundo material e vivem apenas dedicados à divindade que escolhem. Alguns sadus sao iogues... Isso é uma coisa que me surpreende na Índia, há muita maconha, mesmo assim ela é ilegal. Exceto para os sadus.

Brasil


Ayahuasca é uma das várias infusões psicoativas preparadas a partir do caapi, ou douradinho (Banisteriopsis caapi). Videiras geralmente misturadas com as folhas da dimetiltriptamina contendo espécies de arbustos do gênero Psychotria. Foi descrita pela primeira vez academicamente no começo de 1950 pelo etnobotânico de Harvard Richard Evans Schultes, que achou empregado para fins divinatórios e de cura por indígenas da Colômbia amazônica.

Holanda

O MDMA (ecstasy) foi sintetizado pela Merck em 1914 com a finalidade de ser usado como um supressor do apetite, mas nunca foi usado com essa finalidade. Somente em 1960 foi redescoberto sendo indicado como elevador do estado de ânimo e complemento nas psicoterapias. O uso recreativo surgiu em 1970 nos EUA. Em 1977 foi proibido no Reino Unido e em 1985 nos EUA. Em 1988 um estudo feito nos EUA mostrou que 40% dos estudantes universitários tinham feito uso do ecstasy no período de um ano antes da pesquisa, mostrando que o uso ilegal já estava disseminado, da mesma forma como aconteceu na Europa ocidental.


4 comentários:

Papagaio Mudo disse...

folk or glam drugs...
vou postar algo menos antrpológico e mostrar o surto de crack no Brasil. Começou nos Estates a 2 dólares. Boa pergunta: quem inventou o crack? péssima pergunta. Pior ainda a invenção da droga.

G.

BAR DO BARDO disse...

SADU MACUMBA PRA TURISTA NÃO TEM NADA A VER COM HOMEM SANTO. Gostei muito do vídeo, elucidativo.

Gisele Freire disse...

Bonitinho esses comprimidinhos, ou serão balinhas, ou então, botões, pastilhas..., rs ;)
bj
Gi

Papagaio Mudo disse...

são pra inibir o apetite...